A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach
Mostrando postagens com marcador Formula Um. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Formula Um. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

A Formula Um da década de 1970

GP  da Itália 1971 Monza - Chegada #18 Peter Gethin BRM P160 1:18'12.600, 2º #25 Ronnie Peterson March 711 1:18'12.610, 3º #2 François Cévert Tyrrell 002 1:18'12.690, 4º #9 Mike Hailwood  Team Surtees TS9 1:18'12.780, 5º #19   Howden Ganley BRM P160 1:18'13.210...do primeiro ao quinto 610 centésimos de segundo!

 Rindt-Lotus 72 e 48 Cosworth Campeão 1970
 Stewart-Tyrrel 001 Cosworth Campeão 1971
Emerson-Lotus 72-Campeão 1972 
Stewart-Tyrrel 003 Cosworth Campeão 1973
Emerson-McLaren M23 Cosworth Campeão 1974
Lauda-Ferrari 312T Motor Ferrari 12 flat-Campeão 1975
Hunt-McLaren M23 Cosworth Campeão 1976
Lauda-Ferrari 312 T2 Campeão 1977-Motor Ferrari 12 flat 
Andretti-Lotus 79 Cosworth Campeão 1978
Jody-Ferrari 312T4 Campeão 1979-Motor Ferrari 12 flat
Amon-Matra MS120D-Motor Matra V12 o mais belo urro da F.Um  
Hunt-Hesketh 308 Cosworth a criação de Harvey Postlethwaite para Lord Hesketh talvez o maior exemplo da década, feito na garagem do castelo do Lord revelou o Campeão de 1976 para F.Um. Obteve uma vitória em Zanvoorth 1975. 
Beltoise-BRM P160B motor BRM V12
Lauda-March Cosworth 721X



 Outro dia um amigo em uma dos grupos do Facebook postou uma foto da chegada de Monza 1971 dizendo sentir saudades daquela época...
50, 60, 70,80 foram décadas de diversidade, muitos campeões com diversos carros, tá certo que Fangio dominou os anos 50 com cinco títulos mas com quatro carros diferentes. Voltando aos 70, foi uma década  magnifica, uma garagem, um engenheiro, alguns mecânicos, freios comprados no mercado, cambio Hewland, motor Cosworth...a grana equivalente à mais ou menos dois Porsche 911 e  eis que tínhamos um Formula Um!


Rui Amaral Jr   

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Gianclaudio Giuseppe Regazzoni ou simplesmente Clay...


  Há muito tempo quero escrever sobre Clay...apenas uma pequena homenagem de quem admirou muito a carreira deste tremendo bota!
Acompanhei sua carreira e desde que chegou à Formula Um e mesmo correndo por uma equipe sem grandes chances já mostrava ao que vinha. Em 1969 foi contratado pela Ferrari para F.Um onde faria dupla com Jacky Ickx e na Esporte Protótipos. Logo em sua quinta corrida pela equipe vence na icônica Monza depois de largar em terceiro atrás de seu companheiro Ickx e de Pedro Rodriguez.
Não vou falar de seu acidente muito menos de sua morte, apenas vou ilustrar com algumas fotos a carreira deste grande piloto.

Rui Amaral Jr

  Estreando pela Ferrari com a 312B em Zanvoort - 1970
Vencendo em Monza com a 312B - 1970

1972 ponteando as feras em Daytona com a 312PB
1972 com a 312 PB em Brands Hacth
À frente de Ickx
1973 contratado pela BRM com a P160D faz pole e melhor volta em Buenos Aires.
1973 Monte Carlo com a P160E à frente de Stewart e Emerson
1975 com a 312B3 à frente de Emerson em Interlagos
No Karroussel
Conversando com Niki nos EUA em foto de minha amiga Yara
Testando uma 312PB com algumas alterações...
Em Interlagos de F Dois com o March 722 em foto de meu amigo Rogério Da Luz
1976 Interlagos, ponteando Niki, Emerson, Brambilla
1975 Monza, à frente de Niki
Vencendo em Nurburgring com a 312B3 em 1974, ano em que perdeu o campeonato para Emerson Fittipaldi por três pontos.
1979 Silverstone levando a Willians FW07 à primeira vitória da equipe na F.Um, e sua última na categoria.



  

sábado, 20 de janeiro de 2018

Dan Gurney por Chico Lameirão

Estourando a champagne ao lado de A.J no podium depois da vitória em Mans.
...depois da bandeirada com A.J no capô!
Pilotando o Mk IV, o ressalto na capota por conta de sua altura! 

.......... , então amigo RUI, me atrevo a escrever umas poucas linhas sobre esse grande piloto americano tanto em seu tamanho como  que a pilotar era uma real fera. Seu passamento ocorreu na semana passada, mas só agora é que tive um tempo para estas  palavras e alguns tópicos que depois de tantos anos no metier colhe- se alguns momentos aqui e ali sobre DAN GURNEY.


Substituindo Bruce na McLaren.
Monza 1959 - Dan com a Ferrari Dino 246 #36, Black Jack ponteia seguido de Phill Hill e Dan...

 Vencendo na F.Um com o Porsche.
 Vencendo na F.Um com Brabham
Dan & Jimmy



               Correu pela SCUDERIA FERRARI na FÓRMULA UM ainda na época dos motores dianteiros, sendo que um de seus companheiros era PHILL HILL outro americano. Na Equipe MASERATI, estreou nos 1000 KILOMETROS de BUENOS AIRES a famosa MASERATI  BIRDCAGE um auto muito avançado para a época. Foi piloto da EQUIPE PORSCHE na FÓRMULA UM 1500 sendo seu companheiro JÔ BONNIER. Ainda na FÓRMULA UM 1500 seus serviços foram requisitados pela BRABHAM. Nessa época a nossa EQUIPE WILLYS ofereceu uma viagem para seus pilotos verem as 24 HORAS de LE MANS e uma corrida de FÓRMULA UM em CLEMONT FERRANT na FRANÇA. Para BIRD CLEMENTE os dois pilotos que o mais impressionaram foram JIM CLARK e DAN GURNEY, pois na curva em que ele estava posicionado, a de mais alta velocidade à direita eram os únicos que a faziam  FLAT... “pé em baixo” com seus autos em reações rápidas de overstering .......!!!!!!



A vitória com sua criação!

O Weslake V12
 Eagle-Weslake
Dan e Big John Surtees


                Anos mais tarde já na FÓRMULA UM 3 litros DAN GURNEY resolveu fazer seu próprio carro, o EAGLE WESLAKE um dos autos mais bonitos da categoria e eventualmente até hoje. Como os recursos eram poucos ele resolveu inovar, fundando a ALL AMERICAN RACING, conclamando  o público americano sempre deveras patriótico para que cada cidadão depositasse  em uma conta bancária dessa fundação UM DOLLAR resultando com isso que em pouquíssimo tempo arregimentou  quase 8 MILHÕES de DOLLARES , conseguindo aí realizar esse seu sonho que culminou com uma vitória em SPA FRACONCHAMP. Conseguiu assim fincar a bandeira americana no quintal das equipes européias.......!!!!!!!
                 Ainda em 1970 o vi correr em uma McLAREN em BRANS HATCH substituindo BRUCE , que teve um acidente fatal testando um auto da categoria CAN- AM  em GODWOOD.

Vencendo em Goodwood com Galaxy
Na mítica Birdcage-Maserati Mod61
 CanAm Lola-Weslake


                 Uma ultima curiosidade, é que era muito amigo do nosso campeoníssimo FRITZ D'OREY, que este quando GURNEY queria fazer um giro pela Europa emprestava- lhe seu auto particular... uma FERRARI  está claro ......!!!!!!!


                 Aos 87 anos vai- se um dos grandes da """"arte de pilotar um auto de corrida""""" sem sombra de dúvida do nível de MARIO ANDRETTI  .........!!!!!!!!!



Que DEUS o receba em sua nova jornada.......


Abraço a todos nossos leitores.....


CHICO  LAMEIRÃO


sábado, 16 de setembro de 2017

Fragilidade...

Piers Courage com a Willians TB26A nada mais que uma Brabham a frente de Grahan Hill em Silverstone no GP da Inglaterra 1969. 

Nesta semana postei no Facebook um post que escrevi sobre Piers Courage cerca de seis anos atrás, relendo o texto e vendo as fotos comecei a lembrar daqueles "charutos" velocíssimos e da fragilidade deles perto dos atuais F. Um.
Piers(link) pereceu num terrível acidente que hoje na categoria seria inimaginável porem o automobilismo continua sendo um esporte de risco em todas categorias vide o caso de Jules Bianchi (link)    .

Rui Amaral Jr

Na Lotus esta a 63 com tração nas quatro rodas a pedaleira e consequentemente os pés do piloto ficavam a frente do eixo com um anteparo dianteiro super frágil!
A Lotus 72
Emerson na Lotus 49C numa homenagem a Rindt, vejam a fragilidade e exposição do piloto!
 Robert Kubica em seu impressionante acidente no Canadá, sete anos atrás os carros já eram seguros, a cabeça dos pilotos protegidas por anteparos e o hans e os cockpits em fibra de carbono, quase indestrutíveis!    
Lewis e a McLaren

Sem querer me comparar aos grandes que citei vejam como era a segurança de um VW D3... um Sto Antonio de seis pontos, eu usava sempre um bom macacão e capacete Bell, cintos de segurança Willians de seis pontos massss o banco era de kart e o pescoço e cabeça ficavam soltos...um carro destes chegava ao final do Retão de Interlagos a cerca de 210 km/h!!!