A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach
Mostrando postagens com marcador CanAm. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CanAm. Mostrar todas as postagens

sábado, 20 de janeiro de 2018

Dan Gurney por Chico Lameirão

Estourando a champagne ao lado de A.J no podium depois da vitória em Mans.
...depois da bandeirada com A.J no capô!
Pilotando o Mk IV, o ressalto na capota por conta de sua altura! 

.......... , então amigo RUI, me atrevo a escrever umas poucas linhas sobre esse grande piloto americano tanto em seu tamanho como  que a pilotar era uma real fera. Seu passamento ocorreu na semana passada, mas só agora é que tive um tempo para estas  palavras e alguns tópicos que depois de tantos anos no metier colhe- se alguns momentos aqui e ali sobre DAN GURNEY.


Substituindo Bruce na McLaren.
Monza 1959 - Dan com a Ferrari Dino 246 #36, Black Jack ponteia seguido de Phill Hill e Dan...

 Vencendo na F.Um com o Porsche.
 Vencendo na F.Um com Brabham
Dan & Jimmy



               Correu pela SCUDERIA FERRARI na FÓRMULA UM ainda na época dos motores dianteiros, sendo que um de seus companheiros era PHILL HILL outro americano. Na Equipe MASERATI, estreou nos 1000 KILOMETROS de BUENOS AIRES a famosa MASERATI  BIRDCAGE um auto muito avançado para a época. Foi piloto da EQUIPE PORSCHE na FÓRMULA UM 1500 sendo seu companheiro JÔ BONNIER. Ainda na FÓRMULA UM 1500 seus serviços foram requisitados pela BRABHAM. Nessa época a nossa EQUIPE WILLYS ofereceu uma viagem para seus pilotos verem as 24 HORAS de LE MANS e uma corrida de FÓRMULA UM em CLEMONT FERRANT na FRANÇA. Para BIRD CLEMENTE os dois pilotos que o mais impressionaram foram JIM CLARK e DAN GURNEY, pois na curva em que ele estava posicionado, a de mais alta velocidade à direita eram os únicos que a faziam  FLAT... “pé em baixo” com seus autos em reações rápidas de overstering .......!!!!!!



A vitória com sua criação!

O Weslake V12
 Eagle-Weslake
Dan e Big John Surtees


                Anos mais tarde já na FÓRMULA UM 3 litros DAN GURNEY resolveu fazer seu próprio carro, o EAGLE WESLAKE um dos autos mais bonitos da categoria e eventualmente até hoje. Como os recursos eram poucos ele resolveu inovar, fundando a ALL AMERICAN RACING, conclamando  o público americano sempre deveras patriótico para que cada cidadão depositasse  em uma conta bancária dessa fundação UM DOLLAR resultando com isso que em pouquíssimo tempo arregimentou  quase 8 MILHÕES de DOLLARES , conseguindo aí realizar esse seu sonho que culminou com uma vitória em SPA FRACONCHAMP. Conseguiu assim fincar a bandeira americana no quintal das equipes européias.......!!!!!!!
                 Ainda em 1970 o vi correr em uma McLAREN em BRANS HATCH substituindo BRUCE , que teve um acidente fatal testando um auto da categoria CAN- AM  em GODWOOD.

Vencendo em Goodwood com Galaxy
Na mítica Birdcage-Maserati Mod61
 CanAm Lola-Weslake


                 Uma ultima curiosidade, é que era muito amigo do nosso campeoníssimo FRITZ D'OREY, que este quando GURNEY queria fazer um giro pela Europa emprestava- lhe seu auto particular... uma FERRARI  está claro ......!!!!!!!


                 Aos 87 anos vai- se um dos grandes da """"arte de pilotar um auto de corrida""""" sem sombra de dúvida do nível de MARIO ANDRETTI  .........!!!!!!!!!



Que DEUS o receba em sua nova jornada.......


Abraço a todos nossos leitores.....


CHICO  LAMEIRÃO


quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

CanAm 1974 - Enfim a vez da Shadow

Oliver e a DN4

Com a nova regulamentação que permitia apenas 170 litros de combustível a potencia dos monstruosos Porsche 917/30 que beiravam os 1.500 hps foi restringida e a Shadow com seu DN4 pode enfim desafiar e vencer.
Era o último ano da primeira fase da CanAm que começou 1966, o interesse das grandes equipes já não era o mesmo por uma série de motivos, inclusive premiação e o campeonato acabou depois das cinco primeiras etapas das 8/9 programadas. Nos  oito anos anteriores apenas a Lola, McLaren e Porsche haviam vencido e agora era a vez da americana Shadow.
Seu DN4 era um carro afilado movido por um motor Chevrolet de 7.439cc com cerca de 780 hps, rápido nas retas e curvas e seria tocado por dois pilotos com experiencia e rápidos, George Follmer e Jackie Oliver, o principal opositor era Brian Redman com o Porsche 917/30 KL mas Oliver venceu as quatro primeiras corridas sendo que a quinta e última etapa foi vencida pela McLaren M20 Chevrolet de Scooter Patrick tendo Follmer quebrado e Oliver depois de problemas chegar no 9º lugar. 

Shadow DN4



Rui Amaral Jr  



quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

A fabulosa Can Am - Canadian American Challenge Cup 1969-

#11 Lothar Motschenbacher/Motschenbacher Racing/McLaren M12 Chevrolet #88 Ron Dykes/Trident Racing Enterprises/LolaT160 Chrysler #99 John Cordts/Young American Racing/McLaren M6B Ford #75 Bob Dini Fayer-Dini/Lola T162 Chevrolet #19 Gary Wilson/Wilson Racing/Lola T163 Chevrolet.

Ontem meu amigo Chico Pellegrino postou esta linda foto no Face, o ano 1969 e a fabulosa CanAm chegava ao circuito de Laguna Seca, na foto Lothar Motschenbacher vem liderando um grupo no Saca Rolhas deste grupo apenas John Cordts é um dos carros de ponta, tendo John chegado em 6º e Lothar em 8º nesta corrida dominada pelas McLaren M8B de Bruce McLaren o vencedor e Denny Hulme segundo colocado.
Duas curvas em Laguna são antológicas este Saca Rolhas - The Corkscrew  - que faz a alegria dos fotógrafos com grandes cenas que ela proporciona e a sucessão de curvas que leva à  Andretti Hairpin.
Melhor nome impossível, pois só o nome de um grande campeão para descrever esta curva em descida em que os carros vem embalados da reta dos boxes e logo depois da curva denominada 1 na foto vem tirando o pé sem fazer a tangência e numa freada forte tomar a Andretti reduzindo pois é uma curva em descida e de velocidade baixa, onde a transferência de peso influencia muito no comportamento do carro e neste traçado em que é feita sempre propicia a chegada de algum gaiato! 
À Laguna Seca Raceway que persiste desafiadora através dos tempos, quando grande parte dos circuitos europeus e o nosso outrora maravilhoso Interlagos viraram apenas pistinhas!

Rui Amaral Jr






         






quinta-feira, 29 de outubro de 2015

CanAm Canadian American Challange Cup

Duas fases distintas teve a CanAm que era disputada no Grupo 7 a primeira de 1966 à 1974 que é a que mostro nas fotos. 1966 venceu Big John Surtees e a Lola, depois de 67 à 71 a McLaren dominou com Bruce, Hulme e Revson, logo a seguir os 917/10 da Porsche  com Follmer e Donohue e finalmente em 1974 Oliver e a Shadow.
Como já relatei a CanAm era disputada em 7/8 corridas no final do ano trazendo ao Canadá e EUA grandes pilotos e equipes pois os prêmios eram excepcionais, em alguns artigos que estou lendo da época citam valores de US$ 67.000 por corrida o que na época era uma fabula já que um Mustang 1964 zero quilômetros custava entre US$1.200 e US$1.600, algo como US$2.500.000 nos valores atuais.   

Rui Amaral Jr


 Big John Surtees e a Lola T70 MKII Chevrolet - Campeão de 1966
 Bruce e a McLaren Elva MKIIB - 1966





Pedro Rodriguez e a BRM P154
Mark Donohue
Carlos Pace e o Shadow.

Bruce na McLaren M6A campeão em 1967.
Chaparral 2C
Chaparral 2E
Vic Elford no Chaparral 2J
Dan Gurney, Lola T70 MKII

Gilles de Villeneuve
Siffert no Porsche 917/Spyder 
Mark Donohue e George Follmer ambos no Porsche 917/10 da equipe Penske, campeões em 1973/74. Há relatos em revistas da época que creditam cerca de 1.300 HPs à estes foguetes!

Lola x Ferrari que parece ser de Pedro Rodriguez.
link 

link

1966



PS; caro Walter veja aos 23m do vídeo a quebra do aerofólio do Chaparral!











quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Canadian American Chalenge Cup - CanAm

Desta bela imagem que encontrei no Face quero mostrar à vocês mais um pouco da CanAm que foi um sonho de garoto desde a primeira vez em que vi um desses monstros na pista...na foto de 1967 em Riverside Mario Andretti lidera seguido de Lothar Motschembacher de Lola T70 MK3  Chevrolet (5.970cc) e Mark Donahue de Lola T70 MK3B Chevrolet (7.003cc) terceiro colocado. 
Como já contei aqui a CanAm começou em 1966 com a vitória de Jonh Surtees com a Lola T70 MK1 Chevrolet. Em suas seis ou sete corridas sempre disputadas ao final do ano a categoria distribuía prêmios altíssimos levando aos EUA e Canadá a elite do automobilismo mundial. 
A grande maioria dos motores eram os Big Bloc com cilindradas sempre acima dos 5.500cc e comando central, mas mesmo a Ferrari levava seus carros como esta 330 P4 de Chris Amon com 4.166cc mas de duplo comando nos cabeçotes...mas nada se comparava à tremenda potencia produzida pelos Big Blocs. Esta primeira etapa da CanAm foi de 1966 à 1974 com amplo domínio da equipe McLaren até 1971 e depois...depois mostro mais!

Rui Amaral Jr  


Bruce no McLaren M6A Chevrolet 5.871cc o vencedor.
Chaparral 2G Chevrolet 6.997cc de Jim Hall segundo colocado.
Honker II Ford FoMoCo 6.068cc de Mario Andretti.
A Lola T70 MK3B Weslake/Ford 6.183cc de Dan Gurney, pole. 
 Ferrari 330 P4 4.176cc de Chris Amon.
 Lola T70 MK3 Chevrolet 5.900cc de Peter Revson.
Lola T70 MK1 Chevrolet 5.568cc de Hugh Powel.


GRID

RESULTADO 


Riverside 1967