A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

NASCAR - Milton Bonani

Milton

Andar com o carro foi muito legal, mas bem diferente do que a gente está acostumado. Na reta anda meio de lado e se soltar a direção ele vira para a esquerda sozinho. A gente fica brigando com o carro o tempo todo. 


É duro prá cacete, a embreagem pesa uma tonelada, mas acelera forte. Tem 600HP e faz muita curva - desde que seja para a esquerda. Pneus de tamanho diferente, cambagem positiva do lado esquerdo e negativa do lado direito.


A pista é um tri-oval de uma milha. Dei quase 190km/h de final com média de 140km/h na melhor volta. Dava para andar mais rápido, mas o instrutor que vai ao lado regula.


Anda de macacão, capacete e HANS. Fiquei imaginando que esses caras andam 800 quilômetros com uma ronha dessas. Não deve ser fácil


O pior foi entrar e sair pela janela com essa minha barriguinha.



Milton Bonani


19 comentários:

  1. Rui,

    a divisão das fotos com o texto ficou muito legal.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado à vc Milton por dividir a bela experiencia com todos nós!

    Um abração

    ResponderExcluir
  3. Dizem que o Miltao vai 'desaposentar'e iniciar uma nova carreira na Nascar,porque o Piquezinho simplesmente nao deslancha e eles precisam urgentemente de um piloto brasileiro na catchiguria.
    Razoes comerciais,sacume'...

    ResponderExcluir
  4. Antes preciso perder uns 15 quilos, voltar a fazer ginástica e andar, porque com o meu preparo físico atual não consigo dar 20 voltas direto.

    Fiquei com dor nos braços no dia seguinte. Vecchiaia Bruta!

    ResponderExcluir
  5. Legal a reportagem. Bom saber como é. Pena que não dá para acelerar mais, pois esse carro anda muito mais que isso com segurança.

    ResponderExcluir
  6. É Yatyr, eles "seguram" o carro, acho que escrevi sobre quando Carrol Shelby preparou uma centena de Mustang/Cobra para fazer o mesmo, era um acordo com a Hertz e depois de muitas pancadas desistiram.
    De qq forma deve ser emocionante, ainda mais para quem nunca entrou em uma pista.

    Abs

    ResponderExcluir
  7. Fabiani C Gargioni #277 de fevereiro de 2013 22:07

    Grande Rui, o Milton fez o que eu tenho o sonho ge fazer, esses carros devem ser uns foguetes e andar num oval entao, parabéns ao Milton!!!

    ResponderExcluir
  8. Valeu Fabiani,

    essa experiência tem em vários circuitos dos EUA, inclusive em Daytona e no superspeedway de Talladega que deve ser demais.

    ResponderExcluir
  9. Segue o link

    http://www.drivepetty.com/

    ResponderExcluir
  10. Só uma palavra: INVEJA! hehehe
    Parabéns Milton, você realizou um sonho de muitos de nós, e ainda de quebra fez uma foto que o fez parecer com o "intimidador" Dale Earnhardt.
    Abraços empoeirados do Sul Maravilha

    ResponderExcluir
  11. Valeu Francis,

    recomendo a experiência. Acho que se for em um circuito maior como Daytona ou Talladega será melhor ainda.

    Quanto ao Dale, tomara eu guiasse 10% do que ele guiava. rsrsrs

    Abração.

    ResponderExcluir
  12. Bonani, agora temos para quem torcer na Nascar. Parabens, imagino como deve ser acelerar uma máquina destas de 600 cv. Jovino

    ResponderExcluir
  13. Valeu Jovino, conto com a torcida. rsrsrs

    Abração.

    ResponderExcluir
  14. Rui, olha isso:

    No domingo, assisti ao grande prêmio da Nascar realizado no autódromo de Phoenix que tem exatamente o mesmo traçado e a mesma extensão do autódromo de Orlando onde andei no Richard Petty Experience. Assim, pude comparar os tempos de volta e velocidade máxima.

    O tempo da pole do Mark Martin foi 26:07 com velocidade média de 222 km/h e velocidade máxima em torno de 270 km/h. Já a minha melhor volta foi 42:38 (!!!) com uma velocidade média de 137 km/h e velocidade máxima de 193 km/h.

    Tudo bem que os carros atuais têm 250 HP a mais do que o que eu andei, mas tomar 16 segundos em uma pista de uma milha é vergonhoso. Se isso não é ser alicatão então não sei mais nada. hahahaha

    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKK veja Mitão, ontem conversava com um famoso alicatão, daqueles de verdade, e o tal que quando corremos no circuito externo de Interlagos tomava mais de 10s por volta ainda vei me dizer que fazia a Um cravado! Ele sim é Alicatão, vc apenas experimentou um carro, sem nenhuma experiência anterior! Um abração

      Excluir
  15. Haja braço e musculação ....... rsrsrs

    ResponderExcluir
  16. Qdo começa a contar coisas, é bom identificar pois isso pode até ser verdade... eu fazia a um e a dois cravado mas era de DKV (dekaha isso sim) . A única preparação era rezar!!!!.... hahahahah Já sabia da aventura do Bonani e fiquei com uma coceira danada e não gosto desses caminhões!. Para pilotos frustrados, recomendo um passeio ao Velopark e andar nos VELOCES. Um tesão. Muito emocionante e nem tem lugar no carro pro instrutor. Ela vai na frente num outro carro mostrando o traçado e vc que se vire para (tentar) acompanhar... E beeeeeeem mais barato. Quero ver o video dele em le mans pilotando o 2CV...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Régis,

      a volta em Le Mans pilotando o 2CV foi cancelada. Demorou tanto que fecharam o autódromo e foi todo mundo embora. rsrsrs

      Afinal de contas, o 2CV é um carro que vai de 0 a 60 km/h em um dia.

      Excluir

Os comentários serão aprovados por mim assim que possível, para aqueles que não possuam blogs favor usar a opção anonimo na escolha de identidade. Obrigado por sua visita, ela é muito importante para nós.

Rui Amaral Jr