A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach

sábado, 14 de outubro de 2017

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Injeção de água...

Cerca de trinta anos atrás, pode ser quase quarenta, vinha no carro conversando com um amigo quando ele começa a contar sobre um dispositivo que ele viu com um "engenheiro" que injetava água na câmara de combustão junto com o combustível, pois bem...ele testou em seu carro de rua  e depois pediu ao Crispim fazer o mesmo em seu Super Ve...outro dia enviei este vídeo que recebi de um amigo a ele, logo em seguida ele liga perguntando se eu lembrava...lembrava sim "seu" Chico inclusive o que o Crispim me contou...um dia com tempo você conta aqui!

Um abração Crispim, Chico  e amigos,

Rui Amaral Jr     

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

CAMBER 40 anos - Conta Chico

Heládio, Ney, Bird, Jean, Alex, Pedro Vitor, Chico...

............, caro amigo RUI, faz algum tempo que não escrevo algumas linhas em seu blog. Também, não tinha alguma novidade a contar e só para encher lingüiça, não faz muito o meu gênero.  Mas agora, há algo a se dizer. Fomos gentilmente convidados por ALEX DIAS RIBEIRO a ir ao aniversário de 50 anos da EQUIPE CAMBER.     BIRD CLEMENTE, JAN BALDER, INGO HOFFMANN, PAULO GOMES, LITO CAVALCANTI e FLAVIO GOMES, éramos os de fora, mas a festa estava com muita gente de BRASÍLIA, todos a prestigiar os membros dessa famosa EQUIPE CAMBER .

                   Sempre falei que  a bastante tempo atrás , houve duas grandes escolas de automobilismo . A primeira, tanto pela época  quanto pelo nível de pilotos que de lá saíram, sem dúvida alguma foi a EQUIPE WILLYS. Desde que ela nasceu pilotos como BINO HEINS, EUGÊNIO MARTINS, LUIZ PEREIRA BUENO, WILSON FITTIPALDI, CARLOS PACE, BIRD CLEMENTE, EMERSON FITTIPALDI, CAROL FIGUEIREDO, TERRA SMITH e tantos outros eram de um nível altíssimo em que culminou de  quatro deles terem  chegado 'a FORMULA UM, sendo que  EMERSON FITTIPALDI foi CAMPEÃO MUNDIAL por duas vezes .

                   A segunda grande escola sem dúvida a EQUIPE CAMBER em que dela nasceram ou se formaram pilotos do nível de ALEX DIAS RIBEIRO, PUPO MORENO e NELSON PIQUET, todos chegando também 'a FÓRMULA UM, sendo PIQUET TRI CAMPEÃO MUNDIAL .

                   As comparações em automobilismo são inerentes e  inevitáveis , não tem outro jeito . Hoje, olhando para trás não tenho dúvida alguma que o trabalho para lá de corajoso da turma da EQUIPE CAMBER  foi  mais grandioso, devido ao facto de terem feito tudo a """" unha """" literalmente  e principalmente sem recursos algum. O famoso PATINHO FEIO não me deixa mentir .......!!!!!!!  A sua aerodinâmica para lá de esdrúxula, mas o carro em si extremamente importante  para o nosso automobilismo de competição demonstrando a saga desse TEAM . Eles cresceram tanto na técnica como no """" acreditar em chegar lá """"" nas dificuldades enfrentadas, no meio do nada, pois a época  BRASÍLIA não existia automobilisticamente falando. Eventualmente , somente uma coisa ajudou esses rapazes que foi o desenho de suas ruas ......!!!!! Não tinha praticamente esquinas, eram apenas curvas de média é de alta velocidade, além de  é claro da inexistência de radares .


 Imaginem os """" rachas """" ````a noite, deixava essa rapaziada super afiada....!!!!!! Todos sem exceção eram  muitíssimos rápidos nesses tipo de curvas ......!!!!!!!!


                    A bem da verdade, de um jeito ou de outro o trabalhos dessas duas EQUIPES  a WILLYS e a CAMBER, ainda em se olhando para trás mais uma vez, foi a coisa mais importante que aconteceu no automobilismo brasileiro até ao presente momento . Escrevo isto sem medo algum de errar.

                    Espero, rezo , para  os cartolas de um modo geral, reconheçam  seus erros  ao colocar à disposição  dos jovens pilotos de hoje essas famigeradas  MONOMARCAS, uma tremenda falácia . O exemplo está aí, há vista de quem tenha seus olhos abertos. Fora o fruto dessas duas EQUIPES, e está claro de AIRTON SENNA, que resultados efetivos o nosso automobilismo TUPINIQUIM teve mundialmente falando. .......?????????????


                   Ainda, além disso com problemas adicionais que são a perda  de AUTODROMOS famosos  como o do RIO de JANEIRO  (((( este , um assalto à mão armada .....????)))))))) e o da própria cidade de BRASÍLIA , um caso a ser resolvido seriamente. Aos amantes do futebol, imaginem se só houvesse o estádio do MARACANÃ será que o BRASIL teria vencido campeonatos mundiais? NO AUTOMOBILISMO é a mesma coisa, não podemos nos dar ao luxo de perder nossas praças de velocidade . Uma infâmia......!!!!!!!

                   Sei que no momento pessoas estão com idéias para colocar o """" trem nos trilhos """“, se esta claro não houver obstáculos à frente , pois a coisa já é difícil sem  estes, imaginem com eles .......!!!!!!! Uma categoria REALMENTE ESCOLA se faz necessária. Peso potência igual ao KART, pneus estreitos STREET, sem apêndices aerodinâmicos, eis o caminho, além de vários fabricantes de chassis e por que não de motores ......!!!!!!!


                   Ao ALEX meu muito obrigado pelo convite realmente foi muito legal apenas no próximo talvez tenha que ter um hiato menor, pois mais dez e não sei se estarei em pé  .....!!!!!!!!


                                                                          A toda a EQUIPE CAMBER abraço amigo
                                                                                            CHICO LAMEIRÃO



BLOG DO JOVINO

No excelente Mocambo muitas fotos da festa, obrigado Jovino, um abraço.  

sábado, 16 de setembro de 2017

Fragilidade...

Piers Courage com a Willians TB26A nada mais que uma Brabham a frente de Grahan Hill em Silverstone no GP da Inglaterra 1969. 

Nesta semana postei no Facebook um post que escrevi sobre Piers Courage cerca de seis anos atrás, relendo o texto e vendo as fotos comecei a lembrar daqueles "charutos" velocíssimos e da fragilidade deles perto dos atuais F. Um.
Piers(link) pereceu num terrível acidente que hoje na categoria seria inimaginável porem o automobilismo continua sendo um esporte de risco em todas categorias vide o caso de Jules Bianchi (link)    .

Rui Amaral Jr

Na Lotus esta a 63 com tração nas quatro rodas a pedaleira e consequentemente os pés do piloto ficavam a frente do eixo com um anteparo dianteiro super frágil!
A Lotus 72
Emerson na Lotus 49C numa homenagem a Rindt, vejam a fragilidade e exposição do piloto!
 Robert Kubica em seu impressionante acidente no Canadá, sete anos atrás os carros já eram seguros, a cabeça dos pilotos protegidas por anteparos e o hans e os cockpits em fibra de carbono, quase indestrutíveis!    
Lewis e a McLaren

Sem querer me comparar aos grandes que citei vejam como era a segurança de um VW D3... um Sto Antonio de seis pontos, eu usava sempre um bom macacão e capacete Bell, cintos de segurança Willians de seis pontos massss o banco era de kart e o pescoço e cabeça ficavam soltos...um carro destes chegava ao final do Retão de Interlagos a cerca de 210 km/h!!!