A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Novatos 1971...

Nem parece que 45 anos se passaram...nas pistas batalhamos por posições aguerridamente, sempre com respeito e hoje com a Graça de Deus continuamos amigos...




Não corri a prova "Uma Hora de Calouros" pois não tinha um carro da D3, mas nas pistas meus amigo João Carlos Bevilacqua, Jacob Kounrouzan, Edo Lemos, Guaraná e tantos outros fizeram nosso espetáculo na preliminar dos 500 KM de Interlagos vencido pelo saudoso amigo Luiz Pereira Bueno, secundado pelo amigo sempre presente Chico Lameirão com Sidney Cardoso no Ford GT40 em terceiro.


Ricardo Bifulco, Guaraná, João e eu dois anos atrás.
Com Chico Lameirão, Fernando Lapagesse, Regina Calderoni e Jacob em Interlagos.
Joca, Fernando Lapagesse entregando um troféu ao Edo sob o olhar de Leon Lorena.

Ao receber o recorte de jornal do João dias atrás pensei em escrever sobre a corrida, mas postando as fotos fui pensando nos amigos, nas situações, lembrando tantas coisas boas que acabei me perdendo nestas belas recordações...

Aos amigos com carinho,

Rui Amaral Jr 


4 comentários:

  1. Fernando Lapagesse13 de abril de 2016 23:22

    Ruizão, meu boa noite... Saudades do amigo, muitas, por sinal... Quase não tenho acessado o Facebook e a net, em geral, pois estou reordenando toda a minha vida funcional na empresa... Mas em breve estarei de volta a Interlagos e levando uma boa novidade para o "Regularidade do Jan Balder"... Todos os Fitti-Vê de época, em especial os de #2 do Pace, o #7 do Emerson, o #9 do Jan Balder, o #45 do Marivaldo Fernandes, o # 77 do Wilsinho, o #100 do Ricardo Archar, além do #47 que eu fiz duas provas em Goiânia extracampeonato... Vamos nos encontrar por lá... Darei notícias...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudades também meu amigo, liga quando estiver aqui, um abraçalhão!!!!

      Excluir
  2. Olá Rui, boa noite,
    Desculpe, estive afastado por uns tempos, a vida segue agitada... Ao ver a matéria, logo lembrei de Jacob Kourozan, fiquei imaginando o que seria o piloto ficar acomodado dentro daquele Lorena... Infelizmente ele sofreu um acidente que o deixou imobilizado, não foi? Mas ainda assim, sempre devemos agradecer por ele ainda estar entre nós e poder nos contar em detalhes aquilo que ele fez nas pistas. Um abraço a você e ao Jacob,
    luizborgmann

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava para escrever perguntando de vc Borgmann, também ando uma correria daquelas...Jacob é desde algum tempo produtor de peças para autorama de alta performance, sempre que podemos estamos juntos, Graças à Deus.

      Forte abraço

      Excluir

Os comentários serão aprovados por mim assim que possível, para aqueles que não possuam blogs favor usar a opção anonimo na escolha de identidade. Obrigado por sua visita, ela é muito importante para nós.

Rui Amaral Jr