A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach
Mostrando postagens com marcador Wagner Gonzalez. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Wagner Gonzalez. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

F 1 no Brasil 2017


Um texto de Wagner Gonzales, não deixem de ler...

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

A Tríplice Coroa por Wagner Goanzalez

Ilustração de Wagner Gonzalez

Sempre tive vontade de escrever sobre a Tríplice Coroa de Hill, Formula Um, Indianapolis e 24 Horas de Mans, agora meu amigo Wagner com muita propriedade me passou à frente. Muito bom o post não deixem de ler.

link 

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Wagner Gonzalez


É meu amigo Wagner em novo endereço, vale à pena conferir todo conhecimento deste que é um de nossos grandes jornalistas de automobilismo, alguém que conhece e gosta sobre o que escreve.

Abração Wagner

Rui Amaral Jr



segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Festança em Interlagos...

 Ferreirinha e Chico preparando a super máquina. 
Caíto e Rodrigo
Wagner e Chico concentrados

Neste final de semana a festa foi completa, Interlagos com muitos amigos, amanhã conto mais e mostro as fotos. 
Hoje dois fatos históricos, o Chico contando das voltas voadoras e do carro "preparado" pelo Ferreirinha e levando de contra peso Wagner Gonzalez, isto no raid de nosso amigo Jan Balder e Rui Carloviche. E a volta do super preparador dos Opalas da D3 Caíto Telles que com seu filho Rodrigo prepararam um Old Stock.

Enquanto isto Ricardo Achcar e Biju Rangel passeavam pela praia de Ipanema bebendo água de côco...fizeram falta os dois! Liga Wagner...você sumiu!!!!!!!

Aos amigos meu forte abraço e à você Guaraná nosso carinho.

Rui Amaral Jr 

Conta Chico

.........  , da dupla de PORTUCALE  & TERRAS ESPINHENSES & ALGARVIAS a trabalhaire  em uma possantisimo  motoire  VOLKSWAGEN 1.3 , mui bem preparado pelo EXMO SR DOTOIRE  OCTÁVIO FERREIRINHA , para o RALLYE de REGULARIDADE de JAN BALDER , em que por suas mãos , esse espectacular auto baixou 14 segundos de seu tempo anterior , conduzido sempre pelo piloto de outras épocas , CHICO LAMEIRÃO , em tendo como testemunha o jornalista WAGNER GONZALES , em que este por sua vez fez ótimo trabalho de """"" proeiro """" , fazendo um contrapeso  na medida justa e necessária  em curvas mais acentuadas  deste sinuoso circuito de INTERLAGOS .........!!!!!!!!L

               Após essas velocidades estonteantes desta maquina infernal, gostaria mui de saber do dito jornalista, se sua saúde continua intacta, pois ao chegar aos BOXES , ele se dirigiu de imediato  ao atendimento médico /// hospitalar do AUTODROMO de INTERLAGOS 


                                                            Abraco amigo a todos , e que tenham um ótimo NATAL e um melhor possível ano de 2017 .........!!!!!!!!!!

                                                                     PS : hoje , realmente foi deveras interessante e obrigado WAGNER , pelo contrapeso , pois motor """" rabeta """" sempre 'e um motor """rabeta """""........!!!!!!!!!! VALEU .........!!!!!!!!


Abraço Chico Lameirão

    

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Conta Chico

A pasrtir da esquerda: Cyro Laurenza, FLoriano Pesaro, Mário Covas Neto, Alcino Reis Rocha, Wilson Fittipaldi Jr, Felipe Giaffone, Élcio de São Thiago e Francisco Lameirão 
(Foto Pedro Martins)

.........., então  amigo RUI, gostaria de agradecer ao convite em que você foi portador  me feito pelo VEREADOR MARIO COVAS Neto  e  pelo DEPUTADO // SECRETÁRIO FLORIANO PESARO .

               Da reunião em si achei ótima, primeiramente pelo fato de estarmos um pouco mais tranqüilos quanto à possibilidade de não nos ROUBAREM INTERLAGOS, como o fizeram no AUTODROMO do RIO de JANEIRO, um completo desrespeito para quem tem em seu sustento o AUTOMOBILISMO de COMPETIÇÃO. Até acho que o MINISTÉRIO PÚBLICO nosso  GUARDIAO VERDE e AMARELO, deveria """" assuntar """" e responsabilizar quem quer que seja o que por lá houve .....!!!!!!! Ficamos  com menos um AUTODROMO, uma lástima.

                As palavras do SECRETÁRIO FLORIANO PESARO foram enfáticas e  contundentes ao  assinalar que o objetivo do AUTODROMO de INTERLAGOS /// CARLOS PACE é exclusivamente para COMPETICOES AUTOMOBILÍSTICAS, MOTOCICLISTICA e do KARTISMO. Foi extremamente importante ouvirmos dele essas palavras .....!!!!!!

                No meu modo de entender eventos outros  deverão ser tão e apenas uma condescendência  do nosso ESPORTE a MOTOR para com eles ......!!!!!!!!

                Quanto à privatização  temos que ter alguns cuidados como bem falou meu colega e parceiro de corridas WILSON FITTIPALDI, pois terá que se ter regras. Ainda me fica uma pergunta: Em privatizado,  penso que estará ao mando do AUTODROMO de INTERLAGOS uma firma, e sendo assim , esta terá que ter lucro e se caso não o houver ela VENDERÁ o AUTODROMO  para o fator IMOBILIÁRIO ?????????????????? Aí voltaremos à situação parecida  com o AUTODROMO do RIO de JANEIRO ........!!!!!!!  À PENSAR......!!!!!!!????????
                Ainda penso que tenha que haver uma comissão de pilotos, para que qualquer tipo de obra  que se fizer  ter ANTES o AVAL dessa comissão, pois até agora não vi  alguma que resolvesse realmente  o problema a que se propõem resolver, como o caso da atual entrada do boxe, que no meu julgo  trocaram 6 por meia dúzia. Os carros de FORMULA UM naquele ponto passam entre 300 a 320 KLMs/ hora. Caso algum acidente que aja e o auto  venha para o lado esquerdo da pista  não quero nem imaginar o que se sucederá. A priori quem faz as obras ou quem as pede para serem feitas  nunca correu de automóvel e caso tenha corrido deveria ser ruim para danar .......!!!!!!!!!

                  FORMULA UM:

                  Agora, ao que parece, não iremos ter mais nenhum representante em forma de piloto na FORMULA UM, outra lástima, mas essa por NOSSA INTEIRA CULPA  & INCOMPETÊNCIA. Ao nosso MONUMENTO HISTÓRICO de INTERLAGOS  ORIGINAL  pelo menos dois dos nossos CAMPEÕES MUNDIAIS , EMERSON FITTIPALDI  e NELSON PIKET   devem muitíssimo  de seu excelente aprendizado aquele  traçado, não tenho duvida alguma disso. Temos que ter um planejamento para tentar RECONQUISTAR ESSAS COROAS. Quando temos CAMPEÕES MUNDIAIS cresce o esporte como um todo, seja em seu PARQUE INDUSTRIAL, no KARTISMO, com várias fábricas dando EMPREGOS para mecânicos, engenheiros, chefes de equipe e como também o surgimento de fabricantes de MONOPOSTOS, em que darão outra leva de empregos, desde é claro, que não tenhamos mais as FAMIGERADAS MONOMARCAS, pois aí  incorreremos no gravíssimo erro de só uma pessoa ou firma estar autorizada pela CBA de fazer esses EQUIPAMENTOS .....!!!!!!! Temos que dar total atenção a esse ponto, caso contrário o melhor será esquecer tudo e irmos jogar bolinha de gude ......!!!!!!!! Ontem ouvi de alguns que a FORMULA UM não deveria ter mais ...!!!! Não penso assim, ela é o TOP do AUTOMOBILISMO MUNDIAL, queira - se ou não. O que temos a fazer é ter um PROJETO para que tenhamos  3/4/5/ pilotos a altura de saberem tudo sobre a """"" ARTE de PILOTAR UM CARRO de CORRIDA """"" . Esse número de pilotos é fundamental , pois todos têm que ser EXÍMIOS e do mesmo nível, mas como na vida, uns poderão ter mais sorte que outros , então não poderemos apostar somente em um piloto.....!!!!!! Neste projeto, mais uma vez o traçado antigo ou pelo menos o contexto do traçado antigo tem que estar presente, para o piloto ter que afrontar a CURVA UM /// DOIS /// TRÊS a FERRADURA antecipada //// LAGO ///SOL antecipado /// o SARGENTO REFEITO (((( quem autorizou sua decapitação  para construir- se uma quadra de VOLLEY ??????? ))))) LARANJA /// S //// PINHEIRINHO ///// BICO do PATO  & a JUNÇÃO ANTIGA, que aliás esta para não continuarmos a ter problemas na CURVA do CAFÉ no traçado atual, deveria- se usá-la, sem sombra de duvida .
                    
              ESCOLAS de PILOTAGEM: TEM que ter total acesso ao AUTODROMO, programado esta claro, mas sem nenhum  restrição pois são a base para o aprendizado para o piloto. Apenas em sua maioria não tem equipamento adequado, pois ao piloto começar com um auto com tração dianteira isso eu nem  vou comentar.....!!!!!!! Mas projetos há  , adequados para este fim , aqui mesmo no PATROPI, mas esta claro que temos que resolver esse problema de como seria a aquisição desse equipamento para as escolas , mas nesse item acredito que haja algumas idéias a serem expostas ......!!!!!!!

              Falaram bem ANTÔNIO de SOUSA e  ROBERTO ZULLINO. Tem que se entender que o esporte a motor é um esporte de precisão, o que o rege é um aparelho chamado cronometro, em que na minha primeira fase que o pratiquei o tempo importante eram os segundos (((( " )))) e hoje  as diferenças estão nos centésimos (((((  ' " )))))) portanto qualquer coisa fora desse contexto ,  """"" estará fora da curva """""



 Obrigado pela oportunidade, Abraço amigo de CHICO LAMEIRÃO



quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

INTERLAGOS: SOBRA PAIXÃO, FALTA COERÊNCIA. Por Wagner Gonzalez


Terça feira 29 de Novembro tivemos na Câmara Municipal uma Audiência Publica por iniciativa do vereador Mario Covas Neto e do Deputado Federal Floriano Pesaro para que nós, os usuários da pista, mecânicos, chefes de equipe, pilotos, dirigentes, jornalistas e outros interessados possamos auxiliar o prefeito que assume em Janeiro seu mandato à decidir a forma com que nosso templo será administrada.
Dedico estes tempos do Histórias ao tema, crucial à nós que respiramos automobilismo, logo um texto de meu amigo Chico Lameirão que foi presença marcante na reunião, que contou ainda com a presença de Rita Landi, preocupada com o autódromo que seu pai imortalizou e ajudou à administrar tempos atrás.

À você caro Wagner parabéns por sua colocação do problema e obrigado pela citação ao meu nome, um forte abraço.

Rui Amaral Jr 

 INTERLAGOS: SOBRA PAIXÃO, FALTA COERÊNCIA. 
Wagner Gonzalez

Iniciativa bastante válida do vereador Mário Covas Neto e apoiada pelo deputado federal Floriano Pesaro, a reunião realizada nesta terça-feira, 29, em auditório da Câmara Municipal de São Paulo para discutir a desestatização do Autódromo de Interlagos mostrou que sobra emoção e falta coerência entre os interessados no assunto.

Em meio a colocações que lembravam textos do gênero “esta é a minha história” e outras que tais , porém, porém salvaram-se propostas interessantes, algumas surpreendentes, e ficou clara a forma inadequada como a SPTuris trata do “equipamento”, como o circuito é chamado no jargão urbanístico.

Covas Neto e Pesaro lideram o processo de tombamento de Interlagos como patrimônio imaterial da cidade, algo por si só relevante e consequente frente às reiteradas menções do valor imobiliário do terreno com área aproximada de um milhão de metros quadrados. Cyro Laurenza, que faz parte da equipe que cuida da transição do poder municipal nas gestões Haddad e Dória, justificou sua presença ao mencionar que a área estar inserida em um portal de grande importância turística, mais importante: 
“Não podemos privatizar (Interlagos). O terreno não tem dono.”

De maneira mais direta e sucinta, Floriano Pesaro tocou na ferida quando ao justificar o pedido de tombamento afirmou que “Interlagos é pista de corrida”. Covas Neto iluminou ainda mais a forma como a SPTuris administra o autódromo dando números:

“A F-1 cobra uma reforma anual e (nos últimos anos ) foram injetados em Interlagos R$ 316 milhões de dinheiro público, sendo que toda a renda do evento da F-1 vai para o promotor do GP”, que não contribui em nada nas reformas e manutenção.

O vereador lembrou ainda que o custo para construir o autódromo do Bahrein, um dos mais modernos no mundo, é estimado em US$ 150 milhões. Pior: todas as reformas realizadas em Interlagos levam em consideração apenas e tão somente as necessidades da F-1 e raramente contemplam e consultam o universo das equipes, pilotos e imprensa que usam o local nas datas em que são contemplados.

Integrante da mesa que mais se destacou pela maneira como se comportou na reunião, o presidente da SPTuris Alcino Reis Rocha usou do típico discurso de administrador público ao lembrar mais do mesmo. Admitiu que as obras estão atrasadas por causa do Governo Federal, que o deficit da administração do autódromo passou de “muito grande em 2015 para menor em 2016 e que deverá ser zerado em 2017”. Em todas as suas colocações Reis Rocha deixou claro que a F-1 é a principal preocupação da entidade, o que, obviamente, gerou protestos dos presentes. O administrador fechou sua participação no evento saindo apressadamente recusando-se a responder questões da imprensa.

Como era esperado, o público que atendeu ao convite de Covas Neto deixou clara a insatisfação como o automobilismo paulista é tratado pela SPTuris: dificuldade em conseguir datas, impedimento de usar os boxes, instalar as equipes sem prover infraestrutura mínima e, tal como anunciado há semanas, aumentar o aluguel da pista de R$ 16.095,00 para R$ 41.500,00 por dia.

O pior de tudo é o que revela a colocação do empresário Orlando Sgarbi: “Não se sabe qual é a prioridade sobre o uso de Interlagos. Fala-se de privatização mas há cerca de 11 anos o autódromo foi privatizado através do decreto municipal 45.822, de 7 de abril de 2005, pelo prefeito José Serra.”

A concessão, lembra Sgarbi, “é gratuita e precária”, o que deixa margem ao seu cancelamento, algo que se justificaria pela qualidade da gestão desenvolvida: a outorga é gratuita e livre de impostos e, como admitiu Alcino Reis Rocha, mesmo assim dá prejuízo. Boa surpresa David Costa, estudante de arquitetura e morador vizinho ao autódromo, que apresentou um estudo intitulado “Interlagos, polo sócio-cultural da velocidade”. Ainda que a volta do traçado antigo seja discutível e não prioritária, o gesto mostra que a juventude ainda tem olhos para o esporte.

Fazendo contraponto, o veterano piloto Ruy Amaral Jr ao notar um ambiente tenso ponderou que “a união em nosso meio tem que acontecer de baixo para cima, precisamos nos fortalecer para conseguir o que queremos”.

Sem dúvida, a união da comunidade automobilística será uma arma poderosa na luta para devolver Interlagos à razão de sua existência, algo que não exclui a utilização da pista para eventos outros que não sejam vinculados ao esporte a motor. A semente lançada por Mário Covas Neto deixou isso claro, assim como o fato que o novo prefeito não transmitiu claramente o que quer fazer com o autódromo. Deixá-lo nas mãos da SPTuris, que comprovou sua inépcia na gestão da pista e também no Parque Anhembi, outrora centro de exposições dos mais ocupados do Brasil e atualmente praticamente abandonado, está longe de ser uma solução aceitável. Que o tombamento seja a primeira batalha vencida nessa guerra para salvar o primeiro autódromo brasileiro e um dos primeiros do mundo.

WG


quarta-feira, 5 de março de 2014

GP da Argentina 1960

#32 Froilán Gonzalez-Ferrari Dino 246, #14 Gino Munaron-Maserati 250F e o vencedor Bruce McLaren Cooper T45.

Ia até escrever sobre a corrida, mas, porém, todavia...uma grande disputa se estabeleceu em meu perfil do Face entre os amigos Wagner, Zuzu, Paulo Delavigne e Paulo Levi que sabem muito de tudo...na sequencia Wagner disse ser sobrinho do Touro dos Pampas-Froilán Gonzaléz- tendo Zuzu duvidado na hora provou ele majestosamente o parentesco como veremos abaixo!  
O belo vídeo mostra como foi a corrida...


A prova indubitável!

Não querendo ficar para trás Paulo...
mostrou o autógrafo do autor do ótimo "McLaren Memories".

     

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Marcello De Paoli - Avallone/Chrysler

Depois da Lola MK3B Marcello correu com o  Avallone, as belas fotos que recebi de meu amigo João De Paoli filho do Marcello fazem parte de três álbuns que ele guarda com muito carinho e vamos digitalizar e mostrar à todos.
Três amigos acertaram na mosca os irmãos Clovis Nogueira e Heitor Luciano Nogueira Filho e Wagner Gonzalez de quem segue o texto postado como comentário.

Ao João, Heitor, Clovis e Wagner meu muito obrigado pelo e parabéns.

Rui Amaral Jr   


"Nos anos 1971/2/3 eu e minha turma do Colegial no Liceu Acadêmico São Paulo costumávamos matar aulas para ir assistir aos treinos que aconteciam regularmente em Interlagos. Em uma dessas ocasiões admirávamos o Avallone dos De Paoli, babando pela beleza do carro e pela chance de estar ali ao lado da máquina enquanto os mecânicos trabalhavam no carro. De repente um dos mecas fala que precisava de alguém para sentar no carro e acionar o pedal de embreagem e olhou para este vos digita... Não demorou cinco segundos e lá estava eu, sentado no "Avallola" e me sentindo o Pedro Rodriguez do Pari! Os mecas terminaram de ajsutar a embreagem e eu continuava lá... Acertaram mais isso e aquilo e eu lá dentro... Só quando ouvi um "Ôo garoto, já pode sair do carro, viu?", é que fiz um punta tacco no meu breve sonho e devolvi o "meu carro" aos verdadeiros donos..."

Wagner Gonzalez

link